O primeiro caso de microcefalia associado ao zika vírus registrado em Belém, foi confirmado pela Secretaria de Saúde de Belém (Sesma) nesta terça-feira (2). De acordo com informações divulgadas pela Sesma, a doença foi detectada em um bebê de dois meses no bairro do Tapanã.

Após exames, a mãe foi diagnosticada com contaminação pelo zika vírus quando ainda estava grávida. Ainda de acordo com a Sesma, 23 gestantes que apresentaram sintomas do zika vírus estão sendo monitoradas pelo órgão.

As autoridades também investigam outros três casos de bebês com suspeita de microcefalia relacionada ao zika vírus no estado. O zika virus é transmitido pela picada do mosquito Aedes Aegypti que também transmite a dengue e a chikungunya.

 

Fonte:  G1