“É a primeira ferrovia estadual que irá ligar Santana do Araguaia, passando por Redenção e outros municípios da região, até o porto de Vila do Conde, em Barcarena. Redenção sediará a primeira audiência pública para viabilizar a construção da ferrovia. Essa obra gigantesca irá aquecer a economia e gerar milhares de empregos”, comemora o Prefeito de Redenção, Iavé, que teve reunião de trabalho, em Belém, com o Secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia, Adnan Demachki.

Segundo o Procurador Geral do Município de Redenção, Dr. Luiz Carlos Martins, que acompanha o Prefeito Iavé, em Belém, a obra da ferrovia está orçada em torno de US$ 17 bilhões (dólares).

A linha partirá de Santana do Araguaia e passará por municípios com vocações mineradoras, como Marabá e Rondon do Pará, e agrícola, como Paragominas (soja), Redenção (comércio) e Moju (óleo de palma).

Em Marabá, um ramal ligará à ferrovia Norte-Sul. “Licenciamentos ambientais estão em estudo e nos próximos meses iremos realizar audiências públicas, e o Prefeito Iavé já se disponibilizou para realizar o evento em Redenção”, cita o Secretário Adnan Demachki