Foi realizado no último sábado (17/02), no auditório do Atrium Confort Hotel, o Coquetel de Lançamento da Associação dos Geólogos do Pará – ASSOGESPA, que contou com a presença de um seleto grupo de convidados.

Durante o evento, foram realizadas três apresentações, sendo a primeira elaborada pela Geóloga e vice presidente da ASSOGESPA, Camila Rodrigue, com o tema: “Apresentação da ASSOGESPA e dados a respeito da formação de geólogos no Sul do Pará”, onde a geóloga ressaltou que o curso de Geologia de Marabá foi fundado em 2005 através de parceria da Vale e UFPA, já tendo formado 12 turmas, com aproximadamente 200 geólogos.

Parte da Diretoria da ASSOGESPA. Da esquerda para direita os geólogos: Daniele Freitas, Bruno Facundo e Camila Rodrigues

A palestrante também citou que a mão de obra especializada local tem sido pouco absorvida pelas mineradoras que se instalam na região e destacou que a faculdade de Geologia de Marabá foi fundada exatamente com o propósito de formar profissionais qualificados e habituados a realizar atividades geológicas na região amazônica.

Geólogo e Presidente da ASSOGESPA Bruno Facundo apresentando palestra no coquetel.

A segunda apresentação foi realizada pelo geólogo e presidente da ASSOGESPA, Bruno Facundo, com o tema: Balanço da Economia Mineral no Pará, onde o geólogo ressaltou, entre outras coisas, a importância que as pequenas mineradoras tem para região e a importância dos diversos elementos minerais para a sociedade.

Geólogo Jorge Luis apresentando palestra no coquetel de Lançamento da ASSOGESPA.

A terceira e última palestra foi conduzida pelo geólogo Jorge Luis, que realizou o lançamento oficial do site da associação e suas funcionalidades. O geólogo frisou a importância da mídia virtual para transmitir notícias assim como para o marketing virtual.

Após o ciclo de palestras, houve happy hour e coffee break para os convidados.

“A ASSOGESPA se coloca a disposição da comunidade no geral para suprir sua demanda por profissionais geólogos e nosso objetivo é fechar parcerias com prefeituras, empresas privadas, órgãos públicos, entre outros, a fim de contribuir para o desenvolvimento seguro e sustentável do meio urbano e rural além de poder inserir mão de obra especializada formada na região nestas parcerias” destacou a vice presidente da ASSOGESPA.