Em coletiva de imprensa realizada hoje (10) nas dependências da Prefeitura Municipal de Canaã dos Carajás, onde o então prefeito reeleito, Jeová Andrade (PMDB) anunciou seu secretariado e defendeu a composição da nova gestão 2017/2020, o prefeito foi questionado sobre várias questões, entre essas a tão polêmica nomeação da própria esposa, Waina da Silva Andrade para assumir a Secretaria Municipal de Finanças.

O Prefeito reconheceu que críticas vão a ver, porém que irão se reverter positivamente, dizendo: “Haverão críticas, mas espero que se tornem positivas“.

Quando questionado sobre os critérios usados para a escolha da primeira dama como sua secretária o então prefeito rebateu “Nada melhor do que eu para saber da competência dela” e continuou “é uma servidora pública efetiva e confio 200% nela.

Outros pontos foram questionados, como segurança, assistência social, saúde e educação. Em se tratando especificamente do terminal rodoviário do município Jeová afirmou que esta seria um prioridade para este ano, que em novo projeto a rodoviária passaria a funcionar como concessão ou parceria público privada, reconhecendo a precária estrutura disponível no município “É  vergonhoso o que chamamos de rodoviária“.

Jeová não deixou, também, de citar o então Código de Posturas que já está em vigor no município e que a população terá um período de 3 a 5 meses para se adequarem através do diálogo, a partir daí iniciará as punições em multas para os responsáveis e infringidores da lei.

O Prefeito se mostrou positivo e otimista quando as escolhas do secretariado e afirmou que todos os partidos foram contemplados de alguma forma.

Veja aqui a lista do secretariado de governo anunciado hoje (10/01).

Redação do Portal Canaã