Um homem de 59 anos foi preso suspeito de estuprar uma menina de 10 anos, em Parauapebas. As perícias confirmaram que a criança sofreu abuso, segundo informações divulgadas nesta quinta-feira (13).

O crime foi apurado em inquérito policial sob presidência da delegada Ana Carolina Abreu, titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam). A vítima passou por exames de sexologia forense no município.

Em decorrência das investigações, o suspeito foi identificado como autor do crime de estupro de vulnerável. As investigações mostraram que o acusado chegou a amarrar as mãos e a boca da vítima e depois chegou a ameaçá-la de morte caso contasse a alguém. A menina teve uma laceração vaginal. Com o cumprimento da ordem de prisão, o suspeito vai ficar recolhido no Sistema Penitenciário em Parauapebas à disposição da Justiça.

Ele vai responder com base nos artigos 217-A, por ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 anos, com pena prevista de reclusão de oito a 15 anos; e 147 por ameaçar alguém, por palavra, escrito ou gesto, ou qualquer outro meio simbólico, de causar-lhe mal injusto e grave, com pena prevista de detenção de um a seis meses, ou multa, ambos artigos do Código Penal Brasileiro.