Depois de dois meses de fechamento de vagas ocasionando saldo negativo, a cidade de Parauapebas, conhecida regionalmente como a “Capital do Minério”, voltou a contratar em novembro e foi o único município da região que conseguiu resultado positivo na criação de empregos.

No mês passado, foram abertos 1.226 postos de trabalho na cidade contra 1.220 desligamentos, segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). Um levantamento inédito desenvolvido pela reportagem do Portal Canaã com base nos dados do Ministério do Trabalho mostra que desde 2012, a cidade não registrava um saldo positivo na criação de emprego no mês de novembro.

A ocupação com o melhor resultado foi vendedor de comercio varejista, que registrou a criação de 114 vagas. O destaque foi para o comercio e a construção civil, apesar da crise, houve melhora em relação às demissões registradas em novembro.

Os indicadores divulgados pelo ministério do trabalho, na última quinta – feira (29), demonstra que o município continua contratando mais que os demais municípios da região. A cidade de Marabá registrou apenas 1. 171 empregados, a terra prometida, Canaã dos Carajás, contratou apenas 391 empregados, Curionópolis registrou apenas 181 empregados.