Se as eleições para Governo do Pará tivessem ocorrido ano passado, tomando-se por base apenas as 25 prefeituras mais ricas do estado (com receitas informadas por elas mesmas no balanço final de 2017), o PSDB seria o partido mais endinheirado para ajudar a impulsionar a corrida eleitoral. Os dados foram levantados com exclusividade pela fanpage Novo Pará, que vasculhou os portais da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) e do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) atrás dos balanços financeiros do ano passado. Só as prefeituras de Tucuruí e de Marituba ainda estão enroladas com o TCM pelo não envio do Relatório Resumido da Execução Orçamentária (RREO) referente ao 6º bimestre do ano passado. As 25 prefeituras mais ricas do Pará movimentaram 75% das receitas arrecadadas pelas 144 do estado.

Do esquadrão de Executivos mais poderosos, cinco são comandados pelo PSDB e, juntos, arrecadaram R$ 4,03 bilhões ano passado. A Prefeitura de Belém tem o maior peso.

Por outro lado, o MDB é o partido com mais prefeituras sob sua batuta: oito. Ainda assim, fica atrás da riqueza do PSDB porque as prefeituras conseguiram acumular, juntas, “apenas” R$ 2,61 bilhões. Parauapebas é o fiel da balança.

Em terceiro lugar, aparecem o Democratas, com R$ 926 milhões em três prefeituras, e o Executivo de Santarém lidera a arrecadação no trio. Na sequência, aparecem os partidos PDT, PPS, PR, Pros, PSB, PSC, PSD, PT e PTB.

A fanpage Novo Pará vai atualizar o listão com dados orçamentários de 2018 assim que as prefeituras começarem a enviar o RREO do 1º bimestre deste ano. Será possível ter a projeção de quanto as prefeituras estimam arrecadar este ano e, assim, mostrar sua força nas eleições de outubro.

Confira o ranking! 

Fonte: Novo Pará