Pré-candidato à Presidência, Ciro Gomes (PDT) voltou a atacar o ex-presidente Lula, líder absoluto em todas as pesquisas de intenção de voto; desta vez, o ex-ministro afirmou que “todo mundo sabe que os tribunais não vão deixar o Lula registrar a candidatura por causa da Ficha Limpa”, acrescentando que, mesmo assim “Lula vai registrar e aí começa com o negócio que a gente sabe: liminar de juiz acolá, puxadinho jurídico pra acolá”; Ciro disse ainda que “é mais fácil um boi voar do que o PT apoiar alguém”

Ciro Gomes fez mais um ataque direcionado ao PT e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Em entrevista à Rádio Itatiaia, de Belo Horizonte, o pré-candidato afirmou que “é mais fácil um boi voar do que o PT apoiar alguém”. Ciro comentava o encontro que teve com o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT), no início da semana.

O pré-candidato pedetista disse que “Lula e o PT” precisam entender o momento nacional em relação à condenação em segunda instância do ex-presidente no caso do triplex no Guarujá (SP). “Todo mundo sabe que os tribunais não vão deixar o Lula registrar a candidatura por causa da Ficha Limpa”, disse Ciro, acrescentando que, mesmo assim “Lula vai registrar e aí começa com o negócio que a gente sabe: liminar de juiz acolá, puxadinho jurídico pra acolá”.

Ele, no entanto, disse “sofrer” com a ideia de ver Lula preso, embora não tenha feito uma defesa explícita da inocência do petista:

“Sofro com a ideia de um presidente, a quem tanta gente quer bem, merecidamente, mesmo repudiado e odiado, ser preso porque teria feito besteira ao redor de um triplex cafona numa praia de São Paulo”, disse Ciro.