De acordo com informações do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, megaprojeto de minério de ferro da Vale exportou 2,49 milhões de toneladas nos três primeiros meses do ano.

O megaprojeto de minério de ferro da Vale S11D, localizado em Canaã dos Carajás, exportou 2,49 milhões de toneladas da commodity nos três primeiros meses deste ano.

Somente em março deste ano, a exportação do minério de ferro do S11D foi de 1,77 milhão de toneladas.

No primeiro trimestre do ano, a exportação brasileira de minério de ferro totalizou 91,04 milhões de toneladas, alta de 7% na comparação com o mesmo período de 2016, quando foram exportadas 85,30 milhões de toneladas da commodity.

A receita com os embarques no primeiro trimestre do ano somou US$ 5,41 bilhão, aumento de 156,3% ante os US$ 2,11 bilhões arrecadados no mesmo período do ano passado.

Os portos que mais movimentaram minério de ferro de janeiro a março deste ano foram o de São Luís (MA), onde fica o Terminal Marítimo de Ponta da Madeira (TMPT), da Vale, com 36,78 milhões de toneladas, seguido pelo de Vitória (ES), onde fica o porto de Tubarão, com 24,87 milhões de toneladas da commodity.

O principal país comprador de minério de ferro brasileiro no primeiro trimestre deste ano foi a China, com 50,4 milhões de toneladas.

Recuperação dos preços das commodities minerais

Segundo o Ministério de Minas e Energia, com a recuperação nos preços das commodities minerais, o Brasil exportou US$ 6 bilhões a mais de minérios do que importou no primeiro trimestre de 2017. O resultado é 130% maior que o registrado em igual período do ano passado.

O saldo, segundo o órgão, foi formado pela diferença entre exportações de US$ 11,7 bilhões e importações de US$ 5,7 bilhões. A participação do setor no total das exportações brasileiras também cresceu, alcançando 15% em março.

Em março, a balança comercial total do país foi recorde para o mês. As exportações superaram as importações em US$ 7,14 bilhões, o que deu ao Brasil um resultado inédito e 61,2% superior ao alcançado no ano passado.

As exportações de produtos básicos apresentaram crescimento de 29,7% frente a março do ano passado, resultado influenciado, principalmente, pela venda de minério de ferro (+186,7%), petróleo em bruto (+145,9%), carne suína (+33,4%) e carne de frango (+7%).