O fim das obras no Projeto S11D, aumentou o número de desempregados na cidade de Canaã dos Carajás, município mais impactado pelo empreendimento. O Ministério do Trabalho registrou que quase 2 mil trabalhadores foram demitidos no mês de outubro e parte deles frequenta diariamente a fila do Sistema Nacional de Emprego (Sine).

O corte de vagas de trabalho com carteira assinada continuou forte em agosto deste ano. De acordo com dados do Ministério do Trabalho, em agosto o município registrou o maior número de demissões neste ano, o levantamento do Portal Canaã com dados do MTE identificou que foram registradas apenas 232 admissões e 1.888 desligados.

No acumulado deste ano, o município perdeu 11.580 empregos formais. No mesmo período do ano passado, 10.606 trabalhadores com carteira assinada foram demitidos. Ainda de acordo com o Ministério do Trabalho, as ocupações que mais desligaram foram Serventes de Obras, Motorista de Caminhão e Eletricista de Instalações.

Redação do Portal Canaã