A substituição dos caminhões pelas correias transportadoras permitirá a redução de 77% do consumo de combustível. Esses dados se referem à operação total da planta (3 linhas de produção) e no período de 1 ano. O sistema truckless, que utiliza 37 quilômetros de correias transportadoras para movimentar todo o minério na mina, ao invés de 100 caminhões fora-de-estrada que seriam necessários para realizar esta tarefa em uma planta convencional.

O fornecimento de energia é feito por meio de duas subestações de alta tensão 230-34,5kV com potência que poderia iluminar 1.242.000 residências, que equivale a quatro cidades como Guarulhos em número de habitantes. Dessa maneira, há redução do tempo de implantação do empreendimento

Com ferramentas de alta tecnologia, a planta opera com alta produtividade, diminuindo o custo de produção do minério de ferro. As inovações para o S11D possibilitam que a manutenção dos equipamentos seja feita em tempo real.

Reportagem/Portal Canaã