Considerado o maior projeto de minério de ferro da história da empresa Vale o Complexo S11D Eliezer Batista, em Canaã dos Carajás, impulsionou o recolhimento da Compensação Financeira pela Exploração Mineral (CFEM), o royalty da mineração. Um levantamento inédito desenvolvido pela equipe de reportagem do Portal Canaã com base nos dados do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), aponta que o valor arrecadado foi o melhor desempenho para meses de outubro da história.

O município de Canaã dos Carajás, recebeu no mês de aniversário dos 23 anos de emancipação político administrativa R$ 3,64 milhões considerado o melhor outubro em arrecadação royalty da história. Em outubro de 2016, o município arrecadou apenas R$ 1,25 milhões. Já entre janeiro e outubro deste ano, a arrecadação royalty somou R$ 31,180 milhões.

A CFEM é calculada sobre o valor do faturamento líquido, quando o produto mineral for vendido. Entende-se por faturamento líquido o valor de vendo do produto mineral, deduzindo-se os tributos, as despesas com transporte e seguro que incidem no ato da comercialização. E, ainda quando não ocorre a venda porque o produto foi consumido, transformado ou utilizado pelo próprio minerador, o valor da CFEM é baseado na soma das despesas diretas e indiretas ocorridas até o momento da utilização do produto mineral.
Equipe de Redação do Portal Canaã