Atento às necessidades da população carente de Canaã dos Carajás o vereador Anderson Mendes (PTB) apresentou na sessão ordinária desta quarta-feira (5), na Câmara Municipal de Canaã dos Carajás, a indicação 04/2017 para que Executivo crie um projeto de lei para a criação do Cartão Social Canaense, similar ao Bolsa Família, mas que atenda de forma mais ágil e imparcial a comunidade local.

Em sua justificativa Anderson Mendes disse que baseado no grande índice de pobreza e de desemprego que assola o município esta indicação ajudaria as famílias enfrentarem esse período. “Nós não conseguimos resolver os problemas individuais do povo, estamos aqui para legislar para todos. Com esse cartão com o valor de R$100, 00 as famílias beneficiadas poderiam usá-lo da forma que acharem melhor. Seja para a compra de alimentos, gás, remédios etc”, concluiu o vereador, explicando que continua lutando pela geração de emprego na cidade.

Discutida por alguns parlamentares, o vereador Walter Diniz (PMDB) disse ser favorável à indicação, mas que neste momento não há legalidade para isso. Wilson Leite (PDT) rebateu e falou que uma suplementação orçamentária pode ser feita para esta finalidade e sugeriu que o valor seja de R$150, 00. João Nunes (PMDB) afirmou que esse valor pode ser emendado ao PPA (Plano Pluri Anual). O líder do governo vereador Dionizio Coutinho (PSC) tem certeza que o governo vai avaliar a proposta com carinho.

O vereador Junior Garra (PR) presidente da Câmara, parabenizou a iniciativa do vereador Anderson Mendes, mas disse que tem receio de que a indicação não saia do papel, pois outros projetos sociais importantes também não foram colocados em prática como a habilitação social e o vale gás.

Aprovada por unanimidade, a indicação será encaminhada ao Executivo.