Durante reunião na manhã de ontem (19), na sede do Procon de Canaã dos Carajás, foi definido a instalação de um sistema de linha direta para reclamações das Centrais Elétricas do Pará (Celpa), feitas no órgão de defesa do consumidor. O método consiste na possibilidade de o servidor do Procon contatar a companhia de energia no momento em que recebe a denúncia, na presença do reclamante. A linha direta não exclui a necessidade do cliente ir à agência da empresa para primeiramente tentar resolver a divergência.

Em Canaã, a Celpa está no topo do ranking de reclamações no Procon do município e, no Estado do Pará, Canaã dos Carajás ocupa a segunda posição entre os municípios que mais abriram processos no órgão contra a empresa.

Segundo representantes da companhia, a linha direta tem otimizado o processo de resolução de problemas em até 40%, de acordo com experiências em Belém e região metropolitana. No entanto, a primeira recomendação é: antes que consumidor vá ao Procon, ele deve procurar, primeiramente, a agência da Celpa e tentar resolver o problema.

Para o gestor do Procon, Marcos Paulo, que assumiu a direção do órgão recentemente, a medida faz parte de um processo de alinhamento com a empresa no intuito de dirimir divergências com o consumidor. “O que nós queremos é que o cidadão não perca meses tentando resolver problemas de uma fatura. Não vamos medir esforços para que todos tenha seus direitos garantidos”, afirma Marcos Paulo.