O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) divulgou um relatório que constam os principais índices de focos de queimadas em todos o Brasil, entre eles, os municípios que mais registraram focos de queimadas durante todo o mês de Julho e todo o ano, e, a divisão por estado.

O Município de São Félix do Xingu com uma área de 84.212,847 km² e mais de 120 mil habitantes de acordo o IBGE/2016 foi o que liderou todos os município do Brasil, neste mês Julho de 2017, e é o terceiro no ranking durante os sete 7 meses do ano. Em segundo, vem o município de Altamira com uma área de 159.533,328 km².

Os prejuízos ambientais, mateiras e de saúde são alarmantes neste período do ano, onde as queimadas ganham enormes proporções, por conta da temperatura e estiagem na região. O município de Canaã dos Carajás, no sudeste do Pará, sofreu aumento de quase 400% nos índices de focos.

 

No gráfico abaixo pode-se vê os dez municípios que mais causaram queimadas no mês de Julho de 2017 sendo que dos dez, três são municípios paraense.

Dos três municípios que lideram no mês de Julho, dois também lideram o ranking anual, que já se findam 7 meses.

Crime
Provocar queimadas em florestas é considerado um crime ambiental, de acordo com o artigo 50 do Decreto Federal 6.514/2008. É infração destruir ou danificar florestas ou qualquer tipo de  vegetação nativa ou de espécies plantadas sem autorização ou licença da autoridade ambiental competente, resultando em multas a partir de R$ 5.000,00 por hectare.

Redação/Portal Canaã